5 dicas para aumentar suas vendas pela internet

Se você tem uma loja na internet, sabe que é muito importante divulgá-la da maneira correta para que seus clientes possam te ver e comprar. Aqui vão algumas dicas importantes:

1º Dica: Imagens dos produtos: Tire fotos profissionais de vários ângulos e com foco nos detalhes. Faça uma boa produção dos seus produtos e pense em opções diferentes na hora de tirar a foto. Como por exemplo um sela em um cavalo em um campo ou fazenda.

2º Dica: Descrição dos produtos: Não deixe as descrições todas iguais. Cada produto merece uma descrição diferente. O cliente adora ler algo diferente e saber que aquele produto é uma exclusividade. Lembre-se que a descrição é o seu vendedor online 24 horas. Quando você estiver dormindo, é a sua descrição que irá fazer a diferença quando o cliente for comprar. Não deixe o cliente com dúvidas.

3º Dica: Atenda seus clientes como se fossem únicos. Não os atendam como se fosse somente mais um. Cada cliente quer ser tratado com exclusividade. Eles querem que você sempre esteja por dentro do pedido dele. Ele quer saber todos os detalhes da compra que fez, como o envio, acompanhamento da entrega e o pós-venda.

4º Dica: Invista em email marketing. Você só pode enviar email de propaganda de seus produtos se os clientes optaram e autorizaram a recebê-los. Caso contrário você está praticando spam, e isso é ilegal. Quando os clientes se cadastram em seu site, eles podem ou não autorizar o recebimento de emails, para aqueles que optaram em receber, faça um bom trabalho com essa base de emails. Hoje, o que mais dá retorno em vendas pela internet é o email marketing.

5º Dica: Apareça nos principais meios de comunicação online do seu segmento. Por exemplo: Se você vende roupas e acessórios, faça parcerias com blogs de moda para publicar um banner da sua empresa ou envie um produto seu como amostra para que eles façam um release gratuito sobre o produto. Isso gera mídia espontânea e agrega o valor da marca (além de aumentar as vendas).

Um forte abraço a todos!!

Anúncios

Mude de comportamento e empreenda!

Existem três fatores primordiais para o empreendedor:

  • Visão
  • Coragem
  • Competência

Os 3 estão dentro de uma mudança de COMPORTAMENTO que irei falar agora!
Uma pergunta para começar: O que você faz hoje é efeito do seu comportamento ou de algum padrão que está seguindo que alguém criou?

tumblr_l5vik6MHiQ1qcc2axo1_500

Difícil de responder né?! rsrs Às vezes agente se pega pensando nisso! Eu penso assim: Você até pode seguir um padrão que fizeram, mas o que vai me diferenciar dos outros é o meu comportamento. Isso tem como mudar! Nós somos a máquina que faz acontecer dentro do empreendedorismo e se ficarmos procrastinando, nunca chegaremos a lugar algum!

Não siga padrões. Quando puder, tome uma decisão e saia dos padrões da sociedade! Crie o seu emblema e faça acontecer! Cadê a sua visão? A sua coragem? E a sua competência? São estes os 3 fatores para que o seu comportamento seja o sucesso que tanto procuras!

É no caos que se tem o verdadeiro aprendizado

Jefferson Tranqueira Malta Lopes, por Empreenda Ideias – Motivação diária para empreender!

Você tem motivos para empreender?

Quanto converso com algumas pessoas sobre empreendedorismo, percebo muitas vezes que há algo forte que as movem para chegar a um patamar mais alto de satisfação.

superacao e empreendedor robson miguel blog ajuda mutua renda extra oportunidade dinheiro online

Pode ser por ter um chefe chato, falta de reconhecimento no trabalho, salário baixo, necessidade de ganhar mais dinheiro, buscar um desafio, visão de negócio, identificação de algum oportunidade e várias outras.

mas sabe mesmo qual é o maior motivo e o que faz os empreendedores que alcançaram seus objetivos daqueles que desistiram? A motivação.

Isso mesmo, não basta você esta chatiadinho com algo coisa que aconteceu no seu trabalho ou porque você viu aquele seu colega trabalhando por conta própria ganhando dinheiro. É preciso muito mais que isso, é preciso motivação diária e instantânea para ter o seu negócio.

Por isso que eu sem pre sugiro as pessoas a fazerem o que gostam, pois nos momentos de crises e adversidades, a sua motivação pela paixão que tem por fazer o que gosta é que irá lhe sustentar seus sonhos e lhe encaminhar’ao sucesso!

Este vídeo do Geração de Valor, projeto do Flávio Augusto, é super bacana e fala sobre a veia empreendedora, dizendo sobre Os 3 Elementos Básicos do Empreendedorismo. Confira!

Jefferson Tranqueira Malta Lopes, por Empreenda Ideias – Motivação diária para empreender.

Desenvolvendo a Mentalidade Empreendedora – Parte 1

Sempre gostei muito de analisar os serviços das empresas. Entender como tudo funciona e quais são os pontos fortes e fracos. Os pontos fortes são claros e agente percebe de imediato, agora os pontos fracos, eles ficam evidentes quando você tem alguma experiência negativa com aquela empresa. Mas se você não teve nenhuma experiência negativa com o produto ou serviço da empresa, fica mais difícil ver os pontos negativos. Para isso, deve-se ter frieza nas análises.

Hoje falarei sobre como é importante você perceber as atividades de outras empresas, analisando-as friamente, para formarmos uma mentalidade empreendedora diferenciada.

johnrae18821963inofficelookingoutthewindowatfactories

Treine identificar problemas e soluções. Imagine você ali, trabalhando naquela empresa, como você faria aquela operação. Antes, veja como os funcionários executam. Pode ter certeza de que já é um procedimento estudado e que foi feito um treinamento, como por exemplo, os atendentes de lanchonetes em praças de alimentação em shoppings.

Se eu entro na fila do Mc Donalds, por exemplo, fico vendo que alguns produtos já estão prontos e basta aquecê-los. Outros, ainda passam por outra atividade, como por exemplo, os lanches que devem ser montados. Mas nem todos são assim. Muitos já veem prontos.

É legal perceber como tudo acontece, como existe uma fila, uma sequência e etc. Mas falando exclusivamente das lanchonetes nos shoppings, existe um tempo de setup importantíssimo e se algo sair errado, pode ser que alguns clientes esperem mais que outros e alguém seja atendido mais rápido. Se algo der errado em alguma etapa, irá desenrolar uma cadeira de problemas no atendimento. E não adianta a métrica de “Clientes atendidos por hora” está dentro da meta (veja mais aqui sobre métricas), se naquela sua vez, você esperou por muito tempo. Neste exemplo, a produção em série é comum, e arriscada.

Praça_de_Alimentação

Qual seria a solução? Como que você faria para melhorar o atendimento e o tempo da fila de espera? Ah, eu contrataria mais, estocaria mais… Não é bem assim. Pois as praças de alimentação são ociosas, nem sempre está cheio e se você sair estocando e contratando de uma vez, perderá muitos alimentos e deixará funcionários ociosos.

O legal da análise cuidadosa e fria, feita por nós que estamos fora da empresa, é que podemos errar!!! E ficar imaginando diversas maneiras.

Eu faria assim: sempre nos horários de picos (almoço e happy hour) e antes dos filmes que passarão no cinema, haveria uma força tarefa, aí sim, com mais estoque e mais pessoas. Para que naquele momento, elas fossem atendidas com qualidade.

gestao_32

O que analisamos hoje, foi algo simples, apenas para despertarmos em nós mesmo, o senso da mentalidade empreendedora para encontrar problemas e tentarmos solucionarmos.

Se fizermos isso sempre, formamos uma prática e verás que ficará mais fácil, como que automático, o encontro da solução dos seus problemas.

Jefferson Tranqueira Malta Lopes, por Empreenda Ideias – Motivação diária para empreender.

A diferença entre Homens e Meninos na hora de empreender

E se pudéssemos melhorar o atendimento dos hospitais públicos brasileiros? E se pudéssemos dar condições para as pessoas comprarem com menos impostos? E se pudéssemos encontrar preços baixos sempre? E se pudéssemos saber antecipadamente que aquele local não tem filas? E se pudéssemos investir já sabendo que o retorno é garantido? E se… E se… E se…

Estas são as perguntas que o empreendedor tem na hora de criar uma empresa. Sempre começamos nos perguntando: E se alguma coisa fosse feita de outra maneira? Está na alma no empreendedor! Visionário, oportunista, entusiasta, calculista e etc…

A princípio, o empreendedor não vê como monetizar a empresa, ele vê como fazer aquilo dar certo através da deficiência ou da ausência de um produto/serviço.

Mas agora vem a pergunta chave: E qual é a resposta ideal para estas perguntas?

Homem-com-semblante-pensativo-tendo-uma-das-maos-proxima-a-boca

Ahhh! Ela não existe! O empreendedor deverá analisar o mercado. Esta é a diferença entre “homens e meninos”. Do que adianta, se um universo de 190 milhões de brasileiros, nem 0,001% está interessado na sua ideia? Não veem valor, não veem diferença, não enxergam benefícios. E se 20% do mercado de jardinagem está interessado na sua ideia de manutenção de jardins? Ai sim! Existe um potencial de mercado e de crescimento para a sua ideia.

Por isso minha amiga e meu amigo, os campeões são aqueles que sabem analisar qual a raia irão correr, qual o lado irão bater o pênalti, qual a distância percorrer e acima de tudo, quão longe estarão dispostos a chegar!

Não se precipite com sua ideia inicial, mas também não fique preso aos números de mercado. Avalie sua ideia, converse com pessoas, muitas pessoas. Pesquise o mercado e discuta com outros empreendedores. Não tenha medo de dizer a sua ideia. Pois uma ideia por si só, não vale nada! O que vale é a dedicação do empreendedor em fazer aquilo acontecer e isso, por incrível que parece, é mais raro do que parece.

Esta é a postagem para inaugurar o meu site tipo blog do Empreenda Ideias, e deixo a seguinte frase para lhe motivar: “Se você acredita no seu potencial, pode ir! Mas vá mesmo, pois o 2º colocado já ficou para trás!”

Jefferson Tranqueira Malta Lopes